Sexta-feira, 14 de Outubro de 2005

RE-ÁFRICA (2)

oleos_fula_historia_1970_compo1.gif

A Guiné-Bissau é um dos países mais pobres e de menor qualidade de vida de toda a África. Passada a fase negreira, em que a Guiné foi um importante entreposto de aquisição de escravos, os recursos coloniais ali extraídos eram parcos e insignificantes comparativamente a Angola, Moçambique ou São Tomé. Quando a guerra colonial transformou as bolanhas guineenses em braseiros, cemitérios e fábricas de loucos (a partir de 1963), os colonos brancos contavam-se pelos dedos, a administração e os serviços escoavam caboverdianos escolarizados, os recursos locais exploráveis (além dos meios de subsistência das populações) concentravam-se sobretudo no amendoim, mas também no caju e no arroz.

Uma única “casa colonial” dominava todo o esbulho da parca riqueza da Guiné, sendo ali a única empresa organizada de forma a merecer tal nome – a “Casa Gouveia” que era propriedade do Grupo CUF/Mellos. E o resultado mais mediático, que ainda hoje subsiste, dessa transformação da Guiné num latifúndio dos Mellos é o impacto da marca “Fula” de óleo vegetal (e que tinha por base o amendoim trazido da Guiné para alimentar a Fábrica de Óleos da CUF em Alcântara e o uso propositado do nome de uma das mais representadas etnias africanas na Guiné – a dos “fulas”).

Hoje, quando olho as prateleiras dos Hiper, abastecendo a dispensa caseira, dá-me vontade de rir o absurdo da força que a marca “Fula” continua a ter entre os do seu género. Mas, confesso, continua a ser a marca de óleo que acarreto para os fritos caseiros. O marketing também nos faz assim.
publicado por João Tunes às 16:38
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. NOVO POISO

. OS VOTOS E OS RATOS

. Bom fim-de-semana

. A Guidinha é que sabe...

. SABER CONTAR

. VIOLÊNCIA SOBRE AS CRIANÇ...

. UM CRIATIVO (ou a melhor...

. PROFESSOR EGAS MONIZ

. UM PARA UM

. REVISÃO

.arquivos

. Setembro 2007

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds