Sexta-feira, 28 de Outubro de 2005

CUBA LIVRE EM ESTRASBURGO, DIA 10 DE DEZEMBRO?

capt.hae10110261632.cuba__eu_human_rights_hae101[1].jpg

Veremos se as autoridades cubanas permitem que uma delegação das “Damas de Blanco” (familiares dos presos políticos cubanos que lutam pela sua libertação) vá receber, no próximo dia 10 de Dezembro, em Estrasburgo, o “Prémio Sakharov” atribuído, este ano, pelo Parlamento Europeu àquele movimento cívico cubano.

Pelo sim e pelo não, aqui fica a mensagem das “Damas de Blanco”, dirigida ao mundo que sofre a falta de liberdade, depois de receberem a notícia da atribuição do “Prémio Sakharov”:

“Nós, as “Damas de Blanco” queremos que todas as mães, esposas e familiares dos presos, qualquer que seja a parte do mundo, por defenderem os seus direitos, que o façam com amor, de forma pacífica e humana, para terem, mais cedo que tarde, os seus frutos que culminarão com o respeito, o reconhecimento e a solidariedade internacional, já que a dor e a defesa da justiça está acima de qualquer ideologia política e o ponto principal é o homem, como ser humano e social. Igualmente, desejamos que todas as prisões do mundo, onde se encontrem aprisionados - homens e mulheres - por defenderem a liberdade e a justiça social de forma pacífica, abram as suas portas para que não se cerrem nunca mais.”

Entre as constituintes das "Damas de Blanco", já se procedeu a uma votação secreta que elegeu a delegação de cinco mulheres mandatada para se deslocar a Estraburgo. Mas, como Tudo em Cuba, a decisão cabe ao "Coma Andante" Fidel.

Curioso e significativo, o silêncio ensurdecedor que a blogosfera livre, libertária e anti-globalização, a do anti-embargo e da t-shirt à Che, da Salsa, de Varadero, dos direitos dos presos talliban, da saúde e educação "para todos" e pela transformação da Sede da Pide em Museu da Resistência, devotou à atribuição do "Prémio Sakharov" deste ano. Desta vez, neste caso, Cuba fica longe? A maior distância que Guantanamo? Pois.

Adenda: Pelo que me apercebi, salva a honra do convento blogosférico o "monteirista" Fumaças e a "cinéfila" Isabella de se dignarem reparar que, este ano, houve Prémio Sakharov atribuído pelo Parlamento Europeu. O resto, onde espreitei, cumpriu a estrita observância da regra de relevância e silêncio seguida pela imprensa portuguesa. Sobre o Prémio Sakharov 2005, para a nossa imprensa e maioria de blogues, "não passou nada", Cuba existe apenas pelos seus médicos, professores, praias, charutos e pelo Embargo, o maldito Embargo (perdão, Bloqueio!). Eu sei, eu sei o que a "casa" gasta - venham a "igualdade" e o "anti-imperialismo", a liberdade que espere.
publicado por João Tunes às 15:46
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Carlos Alberto a 28 de Outubro de 2005 às 22:24
Que em Cuba, floresçam cravos e rosas.


De IO a 28 de Outubro de 2005 às 17:54
Hoje é dia de repôr atrasos, já lá está... não serve de desculpa, mas com tanta batatada que houve no 'chuinga' a abrir a semana, acabou por ser muito o 'post' adiado - e ainda por cima, um resmungão convidou-me para ir à cinemateca, de forma que... - abraço e bom fim de semana!, IO.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. NOVO POISO

. OS VOTOS E OS RATOS

. Bom fim-de-semana

. A Guidinha é que sabe...

. SABER CONTAR

. VIOLÊNCIA SOBRE AS CRIANÇ...

. UM CRIATIVO (ou a melhor...

. PROFESSOR EGAS MONIZ

. UM PARA UM

. REVISÃO

.arquivos

. Setembro 2007

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds