Terça-feira, 1 de Novembro de 2005

PRENDA A MEIAS

Bandeira.jpg

Se fôr em tecido vulgar, nada de luxos, assim a modos que tecido plebeu, sem brocados, veludos ou seda fina, porque a vida não está para estroinices, pago metade do preço da bandeira que o Jumento se dispôs a oferecer à Menina Leonor, como prenda de nascimento, para ela usar quando for crescida, laica, democrata e republicana.

Se o avô ajudou à transição democrática, se o pai já não tem papel - por mérito hereditário de nascimento - a cumprir, porque a democracia está consolidada, a moça só tem que ser cidadã, crescer, tratar da sua vida para ser feliz, sujeitar-se ao primado do voto e deixar-se de monarquices.
publicado por João Tunes às 12:57
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. NOVO POISO

. OS VOTOS E OS RATOS

. Bom fim-de-semana

. A Guidinha é que sabe...

. SABER CONTAR

. VIOLÊNCIA SOBRE AS CRIANÇ...

. UM CRIATIVO (ou a melhor...

. PROFESSOR EGAS MONIZ

. UM PARA UM

. REVISÃO

.arquivos

. Setembro 2007

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds