Segunda-feira, 7 de Novembro de 2005

ATÉ QUANDO A ESCUMALHA PRAXISTA?

3[1].jpg

O Senhor Ministro tem toda a razão:

“As Universidades e Politécnicos... não são só escolas de instrução são também de educação... Não devem ser escolas de submissão e de iniciação a práticas fascistas.”

Não há que ter papas na língua, as “praxes académicas”, são em si mesmas (e antes do acto, vem o conceito), independentemente da forma e do grau de agressividade humilhante, um acto de violência que segue rituais fascistas.

E, quando assim é, não há margem de “voluntariado”, ou seja campo para se dizer que só é praxado quem consente. Um submisso à violência não isenta - um miligrama - os violentadores e quem lhes fecha o olho. Até porque o processo de reprodução se faz numa cadeia humilhado-humilhador - praxado hoje, praxista amanhã, reproduzindo e perpetuando a cultura hooligan.

Os rituais praxistas cometidos no quadro de uma instituição académica, usando quem a ela acede como vítima automática de uma violência cobarde (normalmente com aspectos obrigatórios, havendo sempre a pressão nesse sentido, de rituais de humilhação psicológica, sexualização e inferiorização pela recitação de orações próprias de atraso mental) que se abriga na antiguidade da frequência da instituição, responsabiliza a própria instituição e os seus responsáveis.

Os “praxistas” são hooligans fascistas. Além de deverem ser obrigados a responderem perante a Lei pelos actos consumados de atentado aos direitos humanos, deviam ser banidos do direito de frequência de estabelecimentos de ensino. E deviam igualmente responder, perante a Lei, por conivência, permissão ou passividade perante o crime, os directores de instituições académicas onde as praxes se verificam.

Se o Ministro falou bem, como falou, espera-se agora a coragem de ir até às últimas consequências no trato com a escumalha praxista e com os que os toleram.
publicado por João Tunes às 23:25
link do post | comentar | favorito
|
8 comentários:
De RN a 9 de Novembro de 2005 às 01:50
Olá João, tinha visto o teu post já muito tarde e de fugida. Não reparei no link e sinceramente pensei que tivessemos tido a mesma ideia de um post sobre uma notícia que ambos tínhamos tido oportunidade de ler. Aliás já mais que uma vez me sucedeu "postar" sobre notícias que depois vejo tratadas de modo muito parecido noutros blogs.O meu comentário era exactamente para te dar a conhecer que também tinha postado sobre a matéria.Vá!


De mfc a 8 de Novembro de 2005 às 16:54
Sempre me irritaram essas manifestações de iniciação!!


De Joo a 8 de Novembro de 2005 às 16:27
Ó Raimundo, o link do meu post aponta para o teu...


De Joo a 8 de Novembro de 2005 às 15:26
Aqui temos uma frase retintamente fascista: "Só não gosta de ser praxado quem é menino". Noutro contexto, podia dizer-se: "Só não gosta de ser nazi quem é judeu" ou "Só não gosta de ser branco e bronco quem é preto". Obviamente que há quem goste de ser praxado, como há quem goste de levar com o chicote no lombo e só assim se excita.


De HP a 8 de Novembro de 2005 às 14:42
Eu fui praxado durante uma semana e só vos digo que adorei e realmente só é praxado quem quer, mas tb é preciso saber.se praxar sem abusos, eu fui praxado e praxei na UAL polo da Boavista onde tudo é diferente para melhor do que muitas faculdades, havia um ambiente espectacular!
Portanto esta questão das praxes não se aplica na totalidade.

Sou a favor das praxes, pois permitem um melhor relacionamento com todos os colegas da faculdade, não só dos que entram como também dos que já lá andam! Só não gosta de ser praxado quem é menino!


De IO a 8 de Novembro de 2005 às 10:01
Bem dito! - abraço, IO.


De RN a 8 de Novembro de 2005 às 00:48
Vejo que temos o mesmo amor pelas praxes "fascistas". Tb postei sobre o assunto!Um abraço.


De Guida Alves a 7 de Novembro de 2005 às 23:46
E quem fala assim só é Gago de apelido...


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. NOVO POISO

. OS VOTOS E OS RATOS

. Bom fim-de-semana

. A Guidinha é que sabe...

. SABER CONTAR

. VIOLÊNCIA SOBRE AS CRIANÇ...

. UM CRIATIVO (ou a melhor...

. PROFESSOR EGAS MONIZ

. UM PARA UM

. REVISÃO

.arquivos

. Setembro 2007

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds