Sábado, 26 de Novembro de 2005

Manifesto do “Movimento Já”

aaa.jpg

O “Movimento jᔠé um movimento republicano de juventude que encontra a sua razão de existir na candidatura presidencial de Manuel Alegre. O seu surgimento contraria a “lógica das cúpulas”, sendo antes o resultado de vontades diversas da juventude de todo o país que procurou organizar-se, cívica e politicamente, em torno deste mesmo projecto presidencial. O movimento reúne os adeptos do ideal republicano e humanista, que reconhecem a necessidade de dar voz à cidadania pela própria cidadania e reformar os “aparelhos” da República no sentido de valorizar o conceito democrático. Reconhecemos na candidatura de Manuel Alegre esta condição, o que justifica, em grande parte, uma necessidade que cada jovem deste movimento sente de dar opinião, de se manifestar e de “agarrar” esta nova maneira de encarar a política e os políticos.

As eleições presidenciais não existem para os partidos ou para os candidatos, existem para os cidadãos. Este é o ponto em que este projecto se distancia dos outros, não foi Manuel Alegre que se candidatou, não foram os partidos que candidataram Manuel Alegre, foram os cidadãos que candidataram Manuel Alegre e sobretudo os jovens. Por isso surge o “Movimento já”, para candidatar Manuel Alegre à presidência da República.

Este movimento tem como seus os valores da solidariedade, da igualdade e da fraternidade. Combatemos ao lado deste projecto presidencial por uma sociedade mais justa, por um mundo mais igual e por um país mais desenvolvido. Rejeitamos a reprodução do “patriarquismo” ou dos ícones neoliberais, assumimo-nos como jovens progressistas, defensores dos valores de “Abril “ e da ética republicana.

O cargo presidencial é considerado por este movimento como a “esperança” de afirmação progressista. Seremos “braços armados” de uma candidatura que dá um novo “tom” à política nacional, que dá voz aos cidadãos e que rompe com as instaladas convenções do “politicamente correcto”.

O "Movimento Já" acredita que precisamos de uma voz activa na defesa de uma outra solidariedade entre povos: acreditamos no multiculturalismo, acreditamos na capacidade de travar a desigualdade, acreditamos num internacional reformismo capaz de rever as prioridades da globalização e dar prioridade à condição humana e sentido à Declaração Universal dos Direitos do Homem.

Tendo como mote “ há sempre alguém que resiste”, este movimento cresce todos os dias com a vontade própria de cada jovem, a vontade de resistir às convenções, a vontade de se afirmar pela cidadania e a vontade de lutar por uma sociedade mais justa, livre e solidária.

VIVA A REPÚBLICA!

(transcrito daqui)
publicado por João Tunes às 23:20
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De Joo a 27 de Novembro de 2005 às 17:44
Ói, Deméter!!! Que bom o teu regresso ao contacto. Já sabia do livro pelo Viktor. Irei mandar-te mail...


De Joo a 27 de Novembro de 2005 às 17:43
Percebo, Raimundo, um apoiante de Soares só pode estar pessimista. Ou seja, foram incomodar o homem para nada...


De Demter a 27 de Novembro de 2005 às 12:58
Aproveitei e passei uma olhada pelos útimos posts... Sou obrigada a concordar com você sobre o novo papa....ando sem tempo, meu silêncio tem motivos. Gostaria de presenteá-lo com um exemplar de "Histórias de Maria"... mande-me seu endereço. Um grande beijo! Marley


De RN a 27 de Novembro de 2005 às 03:13
Oh Tunes mas para que é que te estás a meter nisto! Não vês que isto é coisa de jovens. E de poetas. Não é para gente da política, nem para gente da nossa idade, ainda que tu sejas mais velho que eu ;-)
Mas o teu entusiasmo é tão contagiante que tive de me chamar a atenção para não embarcar em ilusões. O cara de pau é bem capaz de nos pregar a partida e ganhar a coisa à 1ª. Mas se não ganha à 1ª assim ganha à 2ª ;-)))
Temos mas é que ir almoçar um destes dias.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. NOVO POISO

. OS VOTOS E OS RATOS

. Bom fim-de-semana

. A Guidinha é que sabe...

. SABER CONTAR

. VIOLÊNCIA SOBRE AS CRIANÇ...

. UM CRIATIVO (ou a melhor...

. PROFESSOR EGAS MONIZ

. UM PARA UM

. REVISÃO

.arquivos

. Setembro 2007

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds